Deformidades após traumas

 
 

As correções das deformidades traumáticas importantes, são também de natureza cirúrgicas. Os grandes desvios do eixo axial,  podem ser resolvidos gradativamente pelo método de Ilizarov, como visto na página anterior. Nas cirurgias ortopédicas, convencionais, as correções são  imediatas e estão vinculadas a desvios angulares leves ou moderados. Nas grandes deformidades, as reduções agudas são muito difíceis e quando conseguimos, há  maior risco de comprometimento  da circulação. Nestes pacientes preferimos utilizar o Método de Ilizarov .


No politraumatizado o tratamento de várias fraturas é complexo. Geralmente estas são originárias de trauma de alta energia cinética, com grande perdas ósseas e musculares. A grande maioria é fratura exposta que quando se consolida, o faz com deformidade. Estes pacientes tiveram risco de morte, permaneceram na Unidade de Terapia Intensiva e após passarem por algumas cirurgias ortopédicas encontram-se incapacitados em retornar as atividades diárias, (Figura 1).

 

Fig. 1 Sequela de fratura exposta que consolidou com grande deformidade na perna esquerda. Na foto central, utilizando o fixador para as correções na perna e no pé. A esquerda, depois da retirada do fixador externo